quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Revolta em Maputo

"Maputo acordou quarta-feira, 1, sitiada por milhares de pessoas a manifestar-se contra o aumento brutal do custo de vida. Conheça as razões do descontentamento da população." (Visão)





A inestimável STV faz o que pode enquanto a televisão oficial (TVM) transmite uma telenovela mexicana.



Por aqui houve versões para todos os gostos.

(RTPN)

(SIC)

"A cidade de Maputo, capital de Moçambique, está a ser palco de uma espécie de «guerra» esta quarta-feira, na sequência de uma greve que originou manifestações aparentemente espontâneas." (TVI)

Mais um vídeo da TVI

Ao fim do dia a comunicação iluminada do PR.



"Depois de os conflitos terem acalmado um pouco durante a tarde, com o anoitecer voltaram a ouvir-se pela cidade de Maputo tiros e com o reforço da vigilância voaram helicópteros por toda a região de Maputo." (noticias.sapo.mz)

"O Comando Geral da Polícia da República de Moçambique apresentou ao principio da noite de hoje,o balanço preliminar das manifestações ocorridas esta manhã nas cidades de Maputo e Matola." (noticias.sapo.mz)

"Confrontos já chegaram à cidade da Beira, há pelo menos quatro mortos" (TSF)

"Por um lado, é um protesto justo naquilo que pretende do Governo, que não toma medidas para estancar o crescimento do custo de vida, não dialoga e esconde-se na crise internacional, ao mesmo tempo que dá sinais de esbanjamento e de vidas faustosas." (in Público)

"Agora as ordens parecem claras: ninguém pode passar para o cimento. Rapidamente tudo se precipita e os disparos, exclusivamente da polícia, tomam as mais variadas direcções, com dois deles a deixar um corpo já cadáver e outro em estado grave que acaba por ser socorrido pela Cruz Vermelha." (Público)

A razão e o sentido de dois motins (Público)

4 comentários:

Trêza disse...

Diferentes versões, diferentes abordagens. Ainda há pouco encontrei um vídeo com esta legenda: "Como é que da sede municipal do partido que conquistou a independência de Moçambique e que governa o país há 35 anos, alegando o nome do povo, se dispara de kalashnikov sobre umas dezenas de jovens e crianças com pedras, que 3 polícias não têm dificuldade em dispersar?".
Fica-se sem ar.

Acabo de descobrir o seu blog. Do pouco que vi já gostei muito (a começar logo pela citação do cabeçalho, hehe) mas ainda vou ver mais, e passo a acompanhar :)

Marta disse...

Obrigada.
Já tinha visto o vídeo mas quem o publicava, o Azagaia, apenas perguntava se reconheciam o edifício. Ora eu, apesar de ter estado em Maputo não conheço tão bem os edifícios.
É engraçado que faça um link ao Antropocoiso. Se de facto der umas voltas por este blog vai entender porque o digo. :)

Trêza disse...

Acho que já entendi o que quis dizer... e daqui fui parar ao Ma-Shamba à Lietratura Moçambicana e... é quando a conversa começa a azedar que eu vou embora, por isso nem sempre me apercebo do cerne das coisas e, consequentemente, do carácter de algumas pessoas... Mas acho este fim-de-semana vou ler mais, e tentar "apanhar o fio à meada" Obrigada.

ivan koki disse...

This is very much a work in progress whenever I find out about one who is more beautiful http://www.ukessaywritingservice.com/
than any of these I will add her and kick out number ten Thanks for sharing the informative post.
Regards
))